Sobre

Espaço dedicado a divulgar a condição ambiental dos rios do Brasil, que são monitorados pela sociedade por meio do projeto “Observando os Rios” da Fundação SOS Mata Atlântica . As analises da qualidade da água, impressões, depoimentos, dados e imagens, são produzidas por pessoas que fazem parte da Rede das Águas. Participe.

Anúncios

Responses

  1. O vale no qual o Córrego do Urubu é formado sofreu recentemente com as queimadas criminosas, houve redução do volume hidrico.
    No monitoramento do mês de Agosto de 2010 não forão detectadas alterações nos parametros quimicos, mas com pouca circulação de água está ocorrendo proliferação de algas verdes em todo leito do corrego, essas algas estão consumindo o oxigênio e os peixes maiores migraram para o Lago Paranoá.
    Preciso informar a comunidade usuária das águas do Córrego do Urubu sobre este fenomeno biológico e sobre os elementos quimicos monitorados como nitátos e fosfátos.
    Será que podem cooperar na complementação destes dados.

    • Oi Elmar, a proliferação de algas em decorrência da concentração nutrientes na água, nitrato e fosfato, como você vem constatando pode provocar uma drastica perda de qualidade ambiental, levando a mortandade de peixes por falta de oxigênio. O ideal é que em períodos de seca, com a dimunição do volume de água no leito dos rios a população colaborasse diminuindo o consumo de produtos que contem fosfato e que não ocorressem despejos de efluentes. É um estado de alerta.

  2. Muito bom seu blog. Sigo vocês no meu blog ecology and nature.
    Parabéns
    Beijus


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: